Há muitas moradas na casa de meu pai

Livro Espírita

Um jovem pastor vive uma aventura espacial na época de Cristo e conhece o verdadeiro significado das ‘muitas moradas’.

Trecho:

A nave de Yuri pousou próximo a Pedro, que apavorado, mas muito curioso, aguardava.

Uma das paredes da nave se abriu, dando lugar a uma rampa. Yuri não demorou a descer por ela. O medo de Pedro logo desapareceu, por dois motivos: primeiro porque Yuri não era diferente dele e sua aparência não causava estranheza, segundo porque parecia ter a mesma idade que ele. Pedro sentiu como se já se conhecessem há muito tempo, de outras épocas.

Yuri estendeu a mão e disse:

― Vem, Pedro!

Mais uma vez, Pedro ouviu ressoar em sua cabeça a voz do Mestre.

 

“Há muitas moradas na casa do meu pai”

Primeira Edição - 2006

Fora de Catálogo

Editora CELD   2014 - 2a edição

Ilustrações de Sandra Ronca

Literatura Espírita

 

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Copyright © 2019  Flávia Côrtes